quarta-feira, março 03, 2010

Cicio do Outono

(50 cm x 60 cm)

O Outono cai como uma cascata de água. Do céu pendem uns cortinados em tons escurecidos. O sol espreita timidamente através dos cabelos longos do tempo, enquanto que, do corpo de uma árvore, se solta o sussurro da solidão.
Contudo, o comboio das insónias espera pelos incrédulos amantes, que buscam o refúgio do deitar de uma maçã.

1 comentários:

Bia disse...

"os cabelos longos do tempo"tapam o sol há muitos dias....A MAÇÃ não se cansa de esperar e deixa o seu aroma, quer seja outono ou verão...
As pinceladas deixam-na pendurada num cordel, como se fosse um pêndulo de relógio, que marca o TEMPO. O mesmo que leva os dias passando, um após outro que, sem darmos conta, marcam os OUTONOS.
Mais uma tela...mais uma MAÇÃ inspirada em momentos.
Obrigada por mostrares o teu trabalho.