quarta-feira, dezembro 22, 2010

Paredes Meias com a Maçã

2 comentários:

ams disse...

Bom Dia!

Breton dizia: "Acredito na resolução futura destes dois estados, tão contraditórios na aparência, o sonho e a realidade, numa espécie de realidade absoluta, de surrealidade, se assim se pode dizer", ao que Nerval contrapunha "O sonho é uma segunda vida. [...] Começa aqui para mim o que chamarei de efusão do sonho na vida real."
Sonho ou realidade, eu acredito na tua obra!
Desejo-te, profundamente, que 2011 seja a afirmação do teu nome e da tua obra, e sobretudo o concretizar dos teus sonhos.

Bia disse...

Não teria melhores PALAVRAS para desejar que, PAREDES MEIAS com o sonho, tudo se realize...Um Abraço